Campo Pequeno “ao rubro” para ver Bruno Nogueira

Humorista levou à Praça de Touros do Campo Pequeno, em Lisboa, duas mil pessoas ansiosas por espetáculos ao vivo na primeira noite de “Deixem o Pimba em Paz”.

Foi com uma ovação monumental que as cerca de duas mil pessoas presentes no Campo Pequeno, em Lisboa, receberam Bruno Nogueira.

O mesmo Bruno Nogueira que há tempos dizia que “não queria dar lições de moral“, que a “contenção não é cobardia, antes um trunfo“, ou mesmo que “tenho a família resguardada em casa, saímos só para o estritamente necessário, e mantemos a calma. Há uma coisa importante no meio disto tudo: a negação do problema não o elimina, só o incendeia. Não é por me sentir saudável que sigo a vida como se nada estivesse a acontecer.

Pelas imagens que vimos do Campo Pequeno ficámos a saber mais uma coisa nova, é que para além dos transportes públicos e manifestações políticas, também nos espetáculos com comediantes não existe risco de transmissão (é ironia claro, caso não tenha percebido, convém mencionar hoje em dia…), ou isso, ou então foram todos para lá arriscar…o que tendo em conta as palavras do próprio Bruno Nogueira que citámos acima, parece pouco provável. Ele não é de arriscar.

Nos festivais de verão ao ar livre, cancelados, aí sim era perigosíssimo, e como tal a maioria foram cancelados! Também nos parques ao ar livre, parece que o perigo espreita a cada esquina, e como tal é preciso desenhar círculos, bem afastados, para o nosso bem!

Estamos sempre a aprender!

COMPARTILHAR