Covid-19 em Portugal fez menos mortes do que a gripe

A pandemia de covid-19 acabou por ser menos mortal do que algumas epidemias de gripe dos últimos anos. Ainda assim houve mais mortes do que o normal neste período (não explicadas pela covid), conforme explicou a Ordem dos Médicos aqui.

O número de vítimas mortais provocadas pela Covid-19 em Portugal foi inferior ao verificado durante as epidemias de gripe, indica o Jornal de Negócios. A Direção-Geral da Saúde (DGS) contabilizou 2.700 mortes por semana no pico da Covid-19 no país, uma contagem inferior à verificada no início do ano e desde 2017 nos picos da gripe.

Segundo os dados do Ministério da Saúde, entre as épocas de gripe 2009/2010 e 2018/2019, foi na época de 2014/2015 que se verificou um maior número de mortos na semana que coincidiu com o pico da gripe — 3.177 de 12 a 18 de janeiro de 2015. O menor número foi na época 2009/2010, com 1.984 mortos entre 23 a 29 de novembro de 2009.

No entanto, a Covid-19 teve mesmo um impacto nas mortalidades em Portugal. Morreram 21 mil pessoas em março e abril, mais 13% do que a média registada no mesmo período entre 2009 e 2019. Desde o início do ano foram 48,5 mil as pessoas que perderam a vida, mais 1% do que no ano passado e mais 6% do que a média entre 2009 e 2019.

FONTEobservador.pt
COMPARTILHAR