Dinamarca abre fronteiras à Europa, de fora ficam Portugal e a Suécia

A Dinamarca vai reabrir as fronteiras aos países da União Europeia, menos no caso de Portugal e da Suécia. A seleção foi feita tendo em conta o número de infetados.

A partir de 27 de junho os cidadãos da maioria dos países europeus vão poder voltar a entrar na Dinamarca, mas os portugueses e suecos terão de esperar uma vez que ainda possuem mais de 20 pessoas infetadas por cada milhão de habitantes, avança a Reuters.

Este anúncio é feito um dia depois de a Suécia ter decretado que os respetivos cidadãos já não são desaconselhados a viajar para uma lista de dez países, na qual Portugal está incluído.

COMPARTILHAR