Reclusos em São Paulo vão produzir máscaras de protecção contra o Coronavírus

Os reclusos do estado de São Paulo, Brasil, vão produzir 26 mil máscaras por dia nas fábricas adaptadas do sistema prisional daquele estado brasileiro.

João Doria, o governador, afirmou em conferência de imprensa que irão ser produzidas 320.000 máscaras, ao mesmo tempo que anunciava uma série de novas medidas para travar a pandemia do Coronavírus.

“Serão 26 mil peças por dia […] seguindo os critérios sanitários de confeção para produção destas máscaras que terão um custo para o governo de São Paulo de 0,80 reais por peça”, disse.

COMPARTILHAR