Marinho Pinto “Salário de 4.800 euros não dá para muita coisa”

Segundo o Eurodeputado, 4800 euros não dá para nada! O Eurodeputado e antigo advogado disse em entrevista à Rádio Renascença, que 4800 euros “não dá para nada”. Ele diz também que 3.515 euros brutos “não é digno”.

Queres ganhar 130€? É simples, só tens de aceder este >> LINK <<

Em entrevista concedida à Rádio Renascença, Marinho Pinto disse que 4800 euros “não permite padrões de vida muitos elevados em Lisboa“.

Esta afirmação foi suficiente para naturalmente obter os habituais “tumultos” nas redes sociais, acusando Marinho Pinto de não respeitar as pessoas que conseguem, a muito custo, viver com apenas o ordenado mínimo nacional.

“Em Portugal os deputados ganham pouco, é quase cinco vezes menos que um deputado europeu. Não é digno. Digo-o perfeitamente“, revelou Marinho Pinto.

Disse ainda que “Os órgãos de soberania em Portugal são mal remunerados, a começar no Presidente da República e a acabar nos juízes”.

“Para quem vivia em Lisboa, sim. Acho que 4.800 euros líquidos não permite grandes coisas. Não permite ter padrões de vida muito elevados em Lisboa, fora de casa, quando deixa de exercer a profissão. Eu ganhava mais quando exercia a profissão, bem mais. Mostrei documentos na campanha eleitoral. As minhas declarações de IRS eram muito superiores quando era um simples advogado e jornalista“, continuou Marinho Pinto.

FONTEvamoslaportugal.net
COMPARTILHAR