Poder de compra em Portugal volta a baixar, divulga o INE

O Instituto Nacional de Estatística revelou que o poder de compra dos portugueses já está pior que antes da crise! O poder de compra em Portugal fixou-se em 76,6% da média da União Europeia em 2017, abaixo do ano anterior (77,2%), ocupando o 16º. lugar entre os países da zona euro, divulgou esta quinta-feira o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Queres ganhar 130€? É simples, só tens de aceder este >> LINK <<

De acordo com o INE, o Produto Interno Bruto (PIB) per capita expresso em Paridades de Poder de Compra (PPC) no ano passado foi inferior em 0,8 pontos percentuais ao verificado em 2016. Entre os 37 países analisados, o INE destaca que a dispersão é “muito significativa”, entre o Luxemburgo (com 253% da média da UE), que apresenta o maior índice de volume, ou seja, mais de duas vezes e meia acima da média da UE28, e cerca de cinco vezes maior que o da Bulgária (com 49,3%), o país da UE com o valor mais baixo. Em último lugar da lista surge a Albânia, com 30,5%, um dos países que também consta da análise.

Considerando apenas os 19 Estados-membros que integram a zona euro, Portugal ocupava em 2017 a 16.ª posição, abaixo da Estónia (78,8%), da Lituânia (78,4%) e à frente da Eslováquia (76,2%), Grécia (67,2%) e Letónia (66,8%). O que significa que o poder de compra dos portugueses está pior que antes da crise.

FONTEobservador.pt
COMPARTILHAR