Ramalho Eanes: “Há uma epidemia da corrupção na sociedade portuguesa”

O ex-Presidente fez uma radiografia do país e considerou que a corrupção é um problema “muito complexo” que “grassa pela sociedade”. Eanes apelou ainda à necessidade de modificar o sistema eleitoral.

Queres ganhar 130€? É simples, só tens de aceder este >> LINK <<

Ramalho Eanes diz que há uma epidemia de corrupção na sociedade portuguesa. O antigo Presidente da República defende uma reforma do sistema eleitoral e da administração pública, que diz estar colonizada pelos partidos do arco do poder.

“O problema da corrupção é muito complexo. Em Portugal, tem sido dito, e acho que com alguma razão, que a sociedade civil não é forte e autónoma perante o Estado e devia sê-lo. As empresas deviam ser autónomas perante o Estado. O Estado estabelece as regras, vê se são respeitadas e atua quando não são, mas não estabelece com as empresas determinadas relações que são relativamente perversas. As relações em que a empresa consegue determinadas benesses, favores, isso é um género de corrupção“, declarou o ex-Presidente.

Durante a conferência, Ramalho Eanes criticou também as “listas fechadas” e o facto de os membros eleitos se transformarem em “delegados dos partidos”, em vez de serem representantes dos cidadãos.

VIAobservador.pt
FONTEsicnoticias.pt
COMPARTILHAR